Esquerda, Direita, Esquerda, Direita: Manifesto por um mundo mais complexo

Escolha seu lado, escolha a sua bandeira. A guerra vai começar!!! Não se preocupe, ninguém vai precisar pensar ou usar a razão, tudo já foi pensado para você. Novas ideias e opiniões pessoais só atrapalharão a coesão da nossa tropa no front. Então, peão, és do time preto ou branco?   

Neste jogo de xadrez há muitos peões e poucos reis. Contudo, os jogadores, aqueles que pensam e planejam as jogadas, estão mortos.

Mudar de faixa

Vivemos em uma era em que a Rachel Sheherazade é modelo de raciocínio, onde a opinião de líderes religiosos carismáticos é a argumentação definitiva para qualquer discussão, bem como as teorias utópicas (muito citadas, mas raramente lidas) de sociólogos do século XIX. Nesta era de análises superficiais e de afirmações com muitos pontos de exclamação, a grande maioria dos textos publicados sobre assuntos polêmicos e avaliações políticas reflete a ponderação limitada e o exame raso de seus propagadores.

Belo Quadro

 

 

O mundo das opiniões está dividido em extremos. Extremos dicotômicos e maniqueístas. Nesse mundo, a seguinte afirmação (implícita) é bastante recorrente: “Se você não defende a minha causa, você está contra mim.”. No entanto, está havendo uma escalada no tom do extremismo: “Agora, se você não defende a minha causa tão fervorosamente quanto eu, você está contra mim. Pior do que isto, você é uma pessoa má.”. Chata, feia e bobalhona deveria ser a continuação deste pensamento infantil. É aqui que chegamos ao ponto que me motivou a escrever este texto: A diversidade, aquela irmã do bom senso, mandou lembrança.

 
Debater ideias, só favorece o amadurecimento delas. Já julgar a índole de uma pessoa por que ela pensa diferente de você ou não segue fanaticamente a bandeira que você tanto adora é ignorar a complexidade do comportamento humano.

Além disso, definir-se como tendo uma orientação política de esquerda ou de direita é seguir uma orientação. Por que devemos ser orientados politicamente? Karl Marx ou Olavo de Carvalho já pensaram para nós? Rachel Sheherazade já “pensou” por nós? Não temos capacidade de pensar por conta própria sobre as questões pertinentes às nossas vidas?

Contradição Políticas

“Odeio contradições!!! Agora vou fumar um charuto cubano enquanto relaxo no meu iate!!!!”

Hoje as discussões sobre aborto, eutanásia, pena de morte e casamento homossexual, por exemplo, são pautadas por orientações políticas (entre outras coisas) e não por opiniões ou conhecimento. “Se você é de esquerda você tem que pensar da forma X. Aqueles de direita devem pensar Y.”. Qual o problema se alguém é a favor do aborto, mas contra a eutanásia. “É CONTRADITÓRIO SEU [COXINHA; REAÇA; PETRALHA; ESQUERDOPATA;… (acrescente aqui o codinome de seu ‘inimigo mortal’)]!!!!!” – Grita um peão. Bom, azar da pessoa que está sendo contraditória; o problema é dela, certo? Pregar a liberdade de pensamento e de expressão ou o livre arbítrio e tentar obrigar as outras pessoas a pensar como você também é contraditório.

Antes de escolher entre preto e branco, saibamos que existe um degradê ai, além de infinitas possibilidades de combinações cromáticas. E, mesmo assim, não precisamos escolher. “Para esse tema serei verde, para o outro vermelho.”.

Selfservice

Pensar é Self Service!

Pensar é self service! Não tenha medo…

A nossa opinião deveria ser construída por raciocínio e embasamento, em vez de ideologias e crenças delineadas em períodos em que se usavam apenas um ponto de exclamação.

 

Conflito de Interesse: Declaro que não fui pago pela Globo, nem pela Veja, nem PT, PSOL, Iluminatis, agenda gay, Record, Cuba, EUA, nem nenhuma outra fonte alternativa de financiamento, para escrever este texto. Tampouco sou um policial infiltrado neste blog de divulgação científica para comprometer a “causa” e sustentar o “sistema”.

P.S.: Neste texto, não quis me valer do conhecimento científico da Psicologia Social (científica, não aquela militância política que muitos psicólogos brasileiros adoram chamar de “Psicologia” Social), mesmo sendo ele extremamente pertinente para este debate. Tentei não gerar confusão por misturar a minha opinião com conhecimento científico.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s